Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 2 de janeiro de 2011

.:|| E N C I L H A ||:.

Quem ousa roubar-me o ar
E assim, sem fim, profanar?
Que doce, o grilhão te encilhe
Encerre-te em teu lugar...
Que jorre a luz...
E que arda em teus olhos
Mais que as gotas
De tórridos pranas...
...Me inflamas...

.:|Ricardo Vieira|:.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por registrar sua impressão.

Pratique a Digitação