Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 2 de janeiro de 2011

.:|TEUS DES/IGUAIS|:.

Como dizer?
Acaso resta alguma coisa a explicar?
Se entre uma folha e outra
De qualquer jornal
Pode um homem ou criança adormecer
E assim, sem ler
E como abrigo, cama ou telha
Coisa e tal...
Não é por  mal:
Entre notícias velhas
O que não é novo
Faz cotidiano este cenário:

 d e s i g u a l 

Que formalmente excluído
É todo o dia sentenciado
Sem ser notícia, mas por elas
Totalmente enrolado
Este “anormal”
Solenemente segue em frente
E digo – progressivamente
Todo envolto em
Letras folhas: O Marginal


02Jan10
.:|Ricardo Vieira|:.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por registrar sua impressão.

Pratique a Digitação